(0 Votes)

Texto: Juízes 7:2-8

O Brasil tem se destacado como a 6ª economia do planeta, isso nos revela a grandeza em que o nosso país foi inserido. Disciplina e ordem não faltaram para galgar este feito e isso viabilizou tal posição.

Todos nós temos uma promessa, de romper e prosperar em tudo o que fizermos, pois este é o decreto de Deus para nós, “crede nos meus profetas e prosperareis”. O exemplo da libertação liderada pelo jovem Gideão (o que derruba o inimigo) é uma grande lição que vale a pena ser observada, pois é rica de detalhes para liberar uma nova realidade em nossas vidas.

Quando Deus começou falar com Gideão, uma grande massa de pessoas se concentrou em torno dele. Todos que se sentiram incomodados pela opressão dos Midianitas se auto-convocaram a lutar. Muitas pessoas se assemelham em suas opiniões quanto à solução de problemas que outros estão vivendo, dando um parecer raso e simplista.  Alguns se acham em condições de lutar contra o inimigo, até mesmo nunca tendo uma experiência com Deus. Há pessoas que sua fé sempre é um processo laboratorial e nunca crescem ao nível de uma conquista. Deus contará e usará você quando sua fé for uma evidencia. Deus não se move apenas por uma dor, necessidade ou enfermidade, Ele se move por nossa fé.

Disciplina e ordem são habilidades a serem ressuscitadas. 22.000 voltaram por estarem com medo. O medo é um veneno que o inferno usa para paralisar pessoas e impedir a capacidade de lutar. A situação que essa grande massa de pessoas voltarem foi a questão do oba-oba. O fator preponderante era ser desprovido do medo, o inimigo deve ser combatido por pessoas corajosas. Os vencedores têm por requisito, expressar a sua bravura e revelar sua indignação pela opressão.

A capacidade de ser moldado pelo Espírito Santo deve evidenciar. Deus questiona a presença ainda de Dez mil homens... Enquanto não formos moldados pelo Senhor estaremos fora de seus planos. Aquele exército facilmente se gloriaria se conquistassem a liberdade com o grande numero de combatentes. Cometemos um grande engano quando achamos que as coisas acontecem por méritos ou por habilidades pessoais. Não podemos achar porque somos 12 ou temos uma célula que as coisas serão fáceis ou que isso irá melhorar.

Disposição para cumprir critérios é uma das evidências. Os que beberem água como lambe o cachorro seja separado...

Deus estabeleceu um critério para selecionar aqueles que estabeleceriam esta conquista. A orientação de Deus era que só estariam entre os combatentes os que se enquadrassem nesta escolha. Os resultados virão após o nosso coração ser totalmente provado por Deus. A paráfrase usando a figura do cachorro pode revelar pelo menos duas interpretações: estar pronto para qualquer emergência, pois o cão nunca lambe a água desatento ou ainda ser submetido à humilhação concernente a vida de um animal, ou seja, desprezo total de si mesmo. Um soldado desqualificado pode comprometer a vida de outros e gerar baixas no exército.

Conclusão: Assim como vemos a história de Gideão, um ensino de valor e sucesso devemos compreender que, isso só foi possível mediante algumas recomendações dadas pelo Senhor.  Deus estava disposto a libertar o seu povo, mas isso se daria na mais absoluta compreensão de seus principio e vontade.

Pr Claudemir de Almeida

última atualização em Sáb, 02 de Agosto de 2014 17:19
 

Adicionar comentário